Internação e dependência química

Tenho um filho dependente químico! Já fez diversos tratamentos e passou por várias internações! Sempre me dedico muito aos tratamentos e sigo todas as orientações, mas sempre me decepciono quando ele volta a usar… Vale a pena tentar mais uma vez? Ele tem 37 anos. Qual a sua sugestão? Espero sua resposta! Muito obrigada!

 

Resposta: As recaídas fazem parte da dependência química e muitas vezes acontecem até que o tratamento esteja bem consolidado. Dizemos que a recaída faz parte do tratamento, isso quer dizer que podemos aprender com ela e assim prevenir a próxima. Por isso não há motivos para desistência!!

Quanto a internação, ela é um método de tratamento que só deve ser considerado se é impossível de manter a abstinência. Há estratégias opcionais a internação como : hospital dia, acompanhante terapêutico, internação domiciliar etc. Mas o mais importante é compreender o porquê de tantas falhas terapêuticas!

 

Espero ter ajudado!

 

Dr Danilo Borelli

Compartilhe essa postagem